Memórias paternas

Quando eu era pequena, devia ter uns 9 anos, a minha escola na época tinha a semana do brinquedo. Era um espaço onde a criatividade dos alunos era incentivada ao máximo. Daí tínhamos que criar coisas, como escrever livros para serem expostos e inventar brinquedos.

Eu nunca tinha participado de verdade dessa parte de criar brinquedos, afinal eu nunca conseguia colocar em prática as idéias que eu tinha – eu era meio nerdzinha, ficava mesmo por conta dos livrinhos, hahaha. Mas então meu pai resolveu dar corda para as minhas idéias e fomos montar o meu brinquedo.

Eu queria fazer um Titanic (o filme tava lançando na época). Daí meu pai “projetou”, e juntamente com minha mãe e eu, montamos o navio gigante Continuar lendo