Situações da vida

Estava na empresa da minha mãe resolvendo alguns problemas técnicos. Estou dentro da sala da chefe, com a porta aberta, ouvindo a conversa do lado de fora. Minha mãe tem quatro funcionários, sendo três mulheres e um homem. Bem, homem é um mode dizer, ele ainda é um garoto com sua primeira oportunidade de emprego.

Continuar lendo

Anúncios

Seguindo os passos de Britney

Mãe de Justin Bieber diz na TV que ele quer permanecer virgem.

Bieber, mas Justin ele?

Acho que ela escolheu a profissão errada para o filho. Ele deveria estar num seminário para padres. Quem sabe um dia ouviriamos falar do papa Bieber

Seguindo os passos da Britney, ou seria o da Sandy, ou ainda do Júnior? 😀

Fonte

Grande ideia?

Estava ali, com meus 15 anos. Vendo tudo acontecer, tudo para o ar. Foi quando chegou mamãe dizendo:

– Acho que a conta de luz não foi paga.

– Como você sabe mãe?

– Eles vieram ontem para cortar a luz.

– E a conta ta paga?

– Não!

– Então de fato a conta não foi paga, mãe!

– É, sim! Mas achei que teu pai tinha… – Ahh, tive uma grande idéia. – Vamos ficar aqui dentro, se alguém bater a porta não atendemos, ok?

Continuar lendo

Feliz Dia das Mães

Há alguns anos atrás, estava um amigo e eu conversando sobre nossas mães. Em certo ponto da discussão disse-lhe:

Mãe é mais importante do que Deus!

 Ele me olhou espantado, afinal seu espírito religioso ensinará valores diferentes. Perguntou-me:

– Mas como dizes isso? Deus é único, Ele lhe deu a vida.

– Sim, verdade. Entretanto, minha mãe também.

– Deus te deu os cinco sentidos. Sem ele não poderias ouvir, falar, cheirar…

– Mas minha mãe me ensinou a falar, a ouvir, enquanto meu pai era a voz da razão, minha mãe ensinava-me a sentir. Ela me deu o sexto sentido.

-Mas tem algo que não podes me desmentir. – Deus te deu a permissão de teres a mãe que tens, e assim permitir a ti que a amasse tanto assim.

– Sim, verdade. Mas foi minha mãe que me ensinou a amar a Deus primeiramente.

– Ahhh, desisto, tu és mui burro e ignorante, Euler.

Se tem algo que eu nunca agüentei foi ser chamado de burro, e agora com um bônus, ainda era ignorante. Ainda mais com aquele voz em segunda pessoa se achando superior. Foi o suficiente para me tirar do sério. Só tinha uma resposta a ser dada.

– Ignorante tudo bem. Agora burro não, TEU FILHO DA PUTA.

Não preciso dizer que a briga foi feia. Saimos os dois sangrando, e eu sem um dente. Minha mãe cuidou de mim e agradeci a Deus por tê-la ao meu lado. Meu amigo ao chegar em casa deu um forte abraço em sua mãe, afinal tinha defendido a honra dela. Ele finalmente entendeu o por quê de eu dizer que mãe era mais importante que Deus.