Fake Aslam??

É só falar sobre fake que logo  as coisas fakes começam a surgir por aí. É que nem quando você compra um carro novo: antes você nunca havia reparado em quantos Tidas existem pelas ruas, mas agora que você comprou um, fica abismado do tanto de carros iguais existem e você nunca havia reparado. 😛

Eis que uma de nossas leitoras mais assíduas do blog me manda um e-mail simplesmente fantástico, contendo fotos de um possível fake Aslam.

PARA TUDO! QUEM RAIOS É ASLAM??????

Calma, calma, vamos explicar. Aslam é o criador da terra de Nárnia, um lugar mágico criado pelo escritor C.S.Lewis. Aslam não é somente o criador, mas também uma espécie de Deus-Rei, afinal é um símbolo de força, honra e esperança para os habitantes de Nárnia. Ah, sim, ele é um leão. Você nunca se perguntou o por quê há um leão como símbolo desse blog? Ali no menu principal tem um link chamado “O Blog”. Clica lá, tem uma breve explicação.

 Tá, sem mais delongas, vou mostrar aqui o fake Aslam. 😀 Continuar lendo

Anúncios

Abaixo ao Fake

Imagino que falarei aqui algo que todo mundo concorde: ninguém gosta de coisas falsas. Da criancinha ingênua, que está descobrindo a vida e tem o sentimento partido quando alguém promete algo que não cumpre, até a miss, celebridade internacional que passa uma imagem exemplo para os fans.

O maior problema do falso é porque ele não é verdadeiro. Ah, você pode olhar e falar “Meu Deus! Sééério?? Que coisa não óbvia…” sarcasticamente, mas pense um pouco nessa afirmação óbvia. O falso é algo que é sem o ser, que faz por fazer, não há intenções ou sentimentos. Não há essência, é vazio.

O falso é egoísta, o falso decepciona. O falso não tem limites, e isso significa que ele não sabe fazer brincadeiras, não tem bom senso, não respeita os outros e não se importa de fazer outras pessoas se sentirem mal. E o pior de tudo: o falso vende uma imagem de perfeito, cool. São um bando de coolzões mesmo. 😛

Entretanto, vale se perguntar o motivo de algumas pessoas adotarem essa postura fake. Afinal, é algo unanimemente repulsivo. Isso me faz lembrar do Alpino fake … Fica a reflexão! 😉

Abaixo ao fake! Nada de fake perfil do Orkut, de fake MSN, de fake brincadeiras (que são verdadeiras facadas ao invés de alfinetadas e fazem as pessoas se sentirem mal), de fake sorrisos (que deixam qualquer um com cara de blé nas fotos), de fake feijoadas (imagina uma feijoada com carne de soja?? O.o), de fake comidas (aquelas que a embalagem é maravilhosa, mas é o inverso total do produto que está ali dentro), de fake músicas (aquelas puramente comerciais, que nem a própria pessoa que canta aguenta ouvir aquilo), e o principal, de fake brothers.

Esse é um manifesto participativo. Vamos compartilhar: você tem alguma história na qual o fake esteve presente na sua vida?? Foi desagradável? Foi engraçado? Foi chocante?? Compartilhe!! Escreva nos comentários e ajude fortalecendo o movimento! Diga não ao fake!! \o/

Fuscaudi

Quero ver as histórias, hein??! 🙂