Copos vazios

Já falamos nesse blog sobre copos meio cheios e meio vazios.

Realmente, às vezes bate uma puta duma indecisão a ponto de não sabermos distinguir um do outro; ou melhor, a ponto de não conseguirmos nos decidir por uma definição.

Entretanto, porém, todavia, seja meio-cheio ou meio-vazio, uma hora esse copo acaba enchendo de vez. Até que as pontes de hidrogênio não aguentam mais segurar a barra na bordinha do copo, e escorre um mundo de gotas. Continuar lendo

Copo meio cheio ou copo meio vazio?

Acredito no sono mais do que em signos. Se acordo bem, o dia muito provavelmente será bom, se acordo mal/mau o bicho pode pegar. O pior é quando acordo ali no meio. É como se você estivesse em cima do muro, sem saber pra que lado pular. A indecisão é tamanha que caio de pernas abertas no próprio muro.
Pois é, hoje acordei fui tomar meus primeiros goles de água do dia. Ao chegar enchi o copo até a metade; veio-me a questão filosófica: “copo meio-cheio ou um copo meio-vazio?” Resolvi encher o copo. Filosofar dá mais trabalho do que ligar o filtro d´água. Indecisão talvez, saco inchado não!