John Lennon 70

Hoje é um dia muito especial. Se estivesse vivo, ele estaria completando 70 anos. Setenta…quem diria. Difícil de imaginar quando temos aquele rosto jovem com cabelinho de cuia imortalizado em nossa mente (ou aquele rosto um pouco mais experiente, com cabelos compridos e óculos redondinhos).

John Lennon – o cara que não fazia idéia do quão profunda era sua influência nas pessoas; na realidade, imagino que ele não fazia idéia do tanto que sua música inluenciava, influencia e provavelmete continuará influenciando por muito tempo ainda.

Humildade, simplicidade, talento, criatividade, sentimento à flor da pele, irreverência, divertimento, piadinhas, espírito de justiça, querer melhorar sempre, vencer, amor, paz. É, isso é um pouco do que é o John.

Você pode achar que isso é coisa de fanático… bem, é sim. De um grupo de fanáticos com critérios, que sabem reconhecer quando alguém é bom de verdade (isso é uma qualidade, vejam bem).

John foi o cara. É o cara. E o mais legal de tudo, ele foi o cara com todos os defeitos que são normais a um ser humano. Ele tinha o mundo a seus pés, e ainda assim nunca deixou de ser um ser humano normal, não sendo guiado pela mída ou pelo luxo. Muito pelo contrário, lutava pela justiça e por uma vida de paz, amor e igualdade para todos.

Hoje vai ser um dia de muita comemoração, homenagens e nostalgias: se preparem.

O Google e o youtube já começaram. O Ermo do Lampião também! 🙂

Primavera chegou

“Primavera chegoooou, e com elaaaa meu amoooor…”

Musiquinhas bregas à parte… meu querido amigo Euler me lembrou que hoje é um dia especial.

Para quem não sabe, hoje, dia 23 de Setembro, é oficialmente o início da primavera. Primavera é a estação que a natureza resolve sorrir indiscriminadamente; isso significa flores. É também a estação do amor, simbologia muito bem criada e consolidada pelos poetas.

Astronomicamente falando, hoje é o dia do equinócio de primavera aqui no hemisfério sul. Isso significa que a duração do dia será exatamente igual à da noite. No momento do nascer do sol e do pôr do sol, a terra estará assim:

Bem, da mesma forma que o equinócio determina o início de uma estação, determina também o início do Continuar lendo

Parabéns Paul!

Hoje é sexta-feira, dia 18 de Junho. Há 68 anos atrás nasce James Paul McCartney.  O Beatle canhoto, com personalidade doce e rostinho de garoto bonzinho, dono de um vozeirão e de uma criatividade e genialidade musical difícil de se ver por aí.

Achei um vídeo muito bom, e gostaria de compartilhar com vocês. Trata-se de uma homenagem que o presidente Barack Obama fez para Paul quando o presenteou com o prêmio anual de grande contribuição para a cultura americana.

Vou transcrever alguns trechos (a partir de 2:30 no vídeo – o inglês do Obama é muito bom, fica a dica pros aprendizes praticarem):

“Passamos com dificuldade por este ultimo um ano e meio e neste momento nossos pensamentos e orações estão com amigos em outra parte do país que possui um legado musical extremamente rico: as pessoas da Costa do Golfo que estão lidando com uma situação que nós simplesmente não tínhamos visto antes. É de partir o coração. E reafirmamos  juntos, eu acho, nosso comprometimento para  cuidar disso afim de que suas vidas e comunidades sejam unificadas novamente. Continuar lendo

Brasília Cinquentinha!

Planejamento de Lucio Costa - 1957

 

Brasilia - google maps

50 anos de Brasília, a cidade que já nasceu pronta. É como aqueles irmãos caçulas que acabam “crescendo” mais rápido. Uma criança com jeito de adulto ainda é apenas uma criança. Apesar de já ter nascido pronta, Brasília tem muito que amadurecer.

Brasília é o único avião que não acompanha o céu; é o céu que o acompanha. O céu abraça a cidade de tal forma que de qualquer lugar que você esteja, ele se mostra de um jeito espetacular. Não é à toa que dizem por aí que o mar de Brasília é o céu.

É o lugar onde a maioria das pessoas mora em prédios, chamados de blocos, com pilotis. Jovens e crianças encontram seus amigos “embaixo do bloco”. É o lugar onde se compra pão no mercado, e não na padaria. E você não vai a pé, vai de carro. É a cidade do automóvel, onde é normal andar a 80km/h nas suas vias triplas que cortam a cidade. Tem pardal a cada 10 metros e retornos chamados Continuar lendo