Propaganda é a alma do negócio.

Dona Joaquina era uma freira, do tipo… DANADA. Sempre se envolvia em casos com Padres solteiros. Ela adorava ir a feira do guará para comprar seu tabaco e dar uma tragada às escondidas. Ela sempre dizia: “A igreja proíbe a camisinha, não fumar.” Eu particularmente acho correto o pensamento dela, afinal se é pra fudê, que seja a você mesmo. Enfim, certo dia, ao chegar na feira, percebeu seu sagrado tabaco em falta. Irritada brigou com o dono da barraca de fumo, o seu João. Não era possível tal especiaria estivesse em falta. Aonde estava o respeito ao consumidor? Pacientemente seu João explicou que o tempo seco provoca queimadas, e isso consumia as plantações de tabaco. Ela respirou aliviada, afinal o cheiro de tabaco queimado estava no ar. Logo, respirou fundo e aliviada. Seu João deu uma boa sugestão a freirinha. Compre repolho, deixe secar, misture com orégano e você terá um bom fumo.

Diferente!” Mas não custava nada tentar.

Ao chegar na esquina viu o último repolho da feira exposta, a espera de um comprador. Foi quando seus olhos fitaram o olho Dona Maria. Digo fitou o olho, porque Dona Maria é caolha de um olho só, além disso perneta. Uma mulher rica empreendedora e de visão aguçada, mas muito cautelosa com seus negócios. Sempre dizia que era importante dar um passo atrás do outro. De um lado da feira Dona Maria, do outro Dona Joaquina e no meio o repolho. Aquela cena de faroeste reproduzia-se na feira do guará. Como num estalo correram desesperadamente para conseguir aquele repolho, claro que Dona Maria, apesar de perneta corria muito. Pernas pra que te quero. Quando estavam chegando perto uma entidade misteriosa apareceu e pegou o repolho. Bem… não era tão misteriosa, era o Fabiano. Você não lembra? O chato das casas Bahia.

As duas assustaram-se. Não houve nem tempo de conversar e ele começou:

Quer pagar quanto? Oferta relâmpago! Comprando um você leva… UMA, porque acabou o resto. Você vai perder essa explosão de oferta? A oferta tá aqui, já a explosão é depois que comer o repolho. Promoção enquanto durar o estoque.

As duas se olharam (afinal era fácil olhar nos olhos de Dona Maria) e a freira disse: “Nem tava com TANTA vontade de fumar mesmo.” Já Dona Maria respondeu: “Bem, eu não quero repolho, só queria tomate mesmo.”

DE ENDY

Tradução do Conto Dona Joaquina no País das Mara Ervilhas

Anúncios

7 respostas em “Propaganda é a alma do negócio.

    • Louiz, só para você entender o texto: esse é um desafio, onde os leitores descrevem uma situação absurda pra gente escrever um conto com a informação. Para saber mais, clique no botton vermelho escrito “desafie o ermo” ali no topo da página! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s