Das vitórias e dos desafios

Vou contar uma história que imagino ser conhecida pela maioria. É sobre um rapaz, quase um garoto, brasileiro, humilde, simpático e talentoso, muito talentoso. Seu nome é Ayrton.

Ayrton resolveu se dedicar por inteiro ao esporte automobilístico, começando pelo kart, e evoluindo até chegar no patmar mais alto de reconhecimento, a fórmula um. Ganhar um título era muito importante para ele, era o que o motivava todos os dias quando acordava e ia treinar: era seu sonho, meta, objetivo.

Assim, eis que ele prova seu talento e a chance de ser campeão finalmente bate à sua porta. Na corrida de classificação, Ayrton consegue a pole position, largando em primeiro. Ele estava quase lá, e seu sonho estava a um passo da realidade.

Então, no dia do grande prêmio, lá está ele, largando em primero, confiante, feliz, quase nem acreditando. E é dada a largada. Vejam o que acontece (só precisa ver até os primeiros 50 segundos):

Sim, não é impressão de vocês, ele QUASE DEIXOU O CARRO MORRER. Tem noção disso? É como iniciante em auto-escola, que quase deixa morrer e ressucita o carro no último segundo. Froids, não?

Pois é. Quem diria, o nosso Ayrton, talentoso, largando em primeiro na corrida de sua vida, e então falha na largada e imediatamente cai – bem, na realidade despenca – de posição. Tadinho, ô dó.

Pera…para aí um pouquinho. Ele falha? Tadinho, ô dó?

(agora veja o vídeo inteiro, é pequeno, vale a pena)

É…naquele tempo, as corridas eram decididas pelo braço mesmo, pelo talento na direção. E vou contar pra vocês, o Ayrton ralou. E como ralou.

Bem, não preciso nem contar pra vocês o que aconteceu depois dessa corrida né. Afinal, quem não conhece o Ayrton Senna do Brasil? É, “do Brasil” virou sobrenome dele, hehehe.

E o aprendizado dessa historinha marota? Bem, muitas vezes na corrida das nossas vidas a gente deixa o carro morrer na largada, e temos nossa confiança e expectativas ameaçadas. Daí temos que penar para recuperar as posições, batalhar, ultrapassar. Se formos ultrapassados, tentar passá-los novamente.

Tenho certeza que valerá a pena no final, quando nós estivermos erguendo o punho direito e, como trlha sonora, escutarmos os acordes que arrancam sorrisos e arrepiam quem quer que escute: “tam tam taaaaam, tam tam taaaaam”.

É só não desistir.

E lutar.

Anúncios

4 respostas em “Das vitórias e dos desafios

  1. Simplesmente lindo o texto. Qualquer coisa que é escrita sobre o Ayrton Senna e, principalmente quando ouço o Tema da Vitória, sempre me emociono. É de arrepiar, sério.

    Parabéns, Naná. Excelente postagem.

  2. O importante não é ganhar ou perder uma corrida. O importante é ser campeão, entende?
    Senna era foda. Infelizmente não existem mais pilotos iguais a ele.
    Só temos Massinha, Rubinho, Nelsinho. Quando teremos pilotos sem diminutivo? hahaha

  3. O Senna nos deixou um legado brilhante e, também deixou uma receita nesta mensagem:

    “Você acredita que tem um limite. Então você busca esse limite e quando o atinge, pensa:
    Ok, esse é o limite. No mesmo instante algo acontece e você acredita que pode alcançar um pouco mais. Com o poder da sua mente, sua determinação, seus instintos, e também sua experiência. Você pode voar muito alto.” Ayrton Senna.

    Senna demostrou claramente esta mensagem em Donington, 1993. Ele com motor mais fraco ultrapassou Schumi, Wendlinger, Hill e Prost. E Galvão falava: “…é Senna no molhado voando pra cima deles…” ( http://www.youtube.com/watch?v=gQN6H43VFz8). Hahaha!
    Realmente para Senna não tinha limites.
    Abraços

  4. Nossa, quase chorei ao ver o último vídeo. Quando eu ouço a palavra “Senna” o meu coração se enche de alegria e de orgulho de ter presenciado esse mito. O cara era gênio, era profissional e era maluco. Quando ele morreu eu chorei muito, fiquei muito triste pois eu perdia ali um ídolo.
    Mas, mesmo ele não estando aqui, os ensinamentos permanecem e merecem a nossa atenção.
    Parabéns pelo texto e pela sensibilidade que você teve para perceber essa lição do nosso Ayrton.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s