Vai entender!

Hoje eu estava olhando o ORKUT e vejo a seguinte comunidade:

Agora me diga uma coisa, por que a Juliane Google está contra o orkut – que inclusive pertecente ao Google?

E vai reclamar com quem, seu tio? O abaixo-assinado vai ser enviado para quem?

Bem, eu faria uma abaixo-assinado pra tirar o Just Biba das rádios. Quem topa?

Outra coisa Juju, se você quer privacidade não entre no orkut, ponto final.

Como estamos falando de orkut resolvi deixar aqui um vídeo onde as pessoas entederam de onde veio a origem da expressão SPAM, afinal recados do orkut e SPAM são a mesma coisa. Pra quem não conhece recomendo fortemente Monty Python, criadores do vídeo abaixo.

Boa Semana!

Anúncios

Love is in the air…parte 2

Mas em se tratando de relacionamentos, nem tudo sempre está bom. O que não deixa de ser natural, afinal trata-se de seres humanos; temos nossas vontades, nossa forma de pensar, e tentar harmonizar isso com a da outra pessoa que é o grande truque.

Ainda há eles, os donos de corações belíssimos que estão, por algum motivo, partidos, sem nenhuma esperança de voltar a ser inteiro. É um tanto surpreendente que, se pararmos para pensar, talvez esse tipo seja com o qual o maior número de pessoas se identificariam. Isso chega a ser meio triste.

Como dizia um grande amigo em minhas épocas de fossa: “curta sua fossa”. Eu demorei um pouco pra entender isso de verdade, mas quando eu entendi, os momentos de fossa até que não eram tão deprê. Quero dizer, é um momento que merece sua importância, afinal é quando você para e pensa no que fez, o que você precisa mudar, reflete sobre seu ser interior e sobre o significado daquilo tudo.

Tá, ninguém pensa isso tudo, eu só quis montar um conceito bonito pra fossa, ahuahuahua!

Enfim, aqui vai uma seleção para esses casos meio fossa. Mas atenção: se você estiver na fossa, não ouça todas de uma vez, intercale as lentas com as animadas. Não dê muita corda pra fossa também. Continuar lendo

Love is in the air…parte 1

Dia dos namorados ta chegando: ondas de carinho e romance são meio que carregadas pelo vento e atingem  lojas, restaurantes, e todo estabelecimento que poderia ganhar algo com isso. Ah, sim, atinge as pessoas também.

Na verdade, as pessoas que fazem esse dia ser o que é. Quero dizer, a importância que damos é que cria a sua essência. Claro que oportunismos sempre existirão, e que há quem compre presente por comprar, afinal é dia dos namorados. Mas ninguém pode negar que trata-se de um dia onde as pessoas deixam aflorar uma das melhores qualidades que há nelas: a de materializar seus bons sentimentos em função de alguém que não seja elas mesmas.

Estava aqui em casa pensando na vida quando resolvi assistir o The Beatles Anthology. Sempre quando me sinto meio atordoada com algum pensamento, eu assito o anthology – por algum motivo isso me reanima e me dá esperanças, hehehe. Foi quando me dei conta, ao prestar atenção em suas músicas, que os Beatles alcançaram a peripécia de conseguir expressar as mais variadas formas de amor, dos mais diversos pontos de vista, por meio de suas letras e melodias. Não seria exagero se eu falasse que eles são a banda que melhor expressou o amor em sua essência.

Assim sendo, preparei uma seleção de músicas para vocês entrarem no clima, que será postada em três partes; afinal, mesmo quem não tem namorado pode entrar no clima de “love is in the air” de alguma forma.

Vamos imaginar um início de relacionamento. Tudo começa com um flerte…

p.s: atenção às letras! Continuar lendo

O que vou ser quando crescer?

Como a vida nos engana. Minha mãe, a sua mãe, as nossas mães, sempre nos vêm com um discurso parecido, o discurso do “Estude para ser alguém na vida.” Somos adestrados para isso. Quando rola aquela dúvida do que fazer da vida sempre nossas mães vêm com o mesmo desejo: “Meu filho, meu sonho sempre foi ter um filho médico.” Bem, ela quer filho médico ou açougueiro?

Com 17 anos somos obrigados a escolher nossa profissão e fica sempre aquele pensamento: “Tenho de estudar alguma coisa pra ser algo na vida.” Alguma coisa? Mas estudar o que? E principalmente ser ALGO? Pensei logo, vou morar no mar e fazer fotossíntese, tudo isso para ser ALGA na vida! rsrs

Voltando ao assunto, certa vez, na aula de filosofia, ouvi minha professora Jorgina falar: “Sócrates dizia que quanto mais ele estudava, mais chegava à conclusão de que não sabia de nada.” Então pra que estudar tanto?? PRA ME DIZER QUE NÃO SABE DE NADA???? Então não estude, economize seu tempo.

Continuar lendo

Analisando: “Dança da vassoura”

Eu sei que é domingo de manhã. E ainda nem são 10 a.m ainda. Eu sei que acordei às 8h30 e neste momento interrompi a leitura de um texto da facul para escrever este post.

A verdade é que não resisti quando veio um pensamento profundo na minha mente: “diga aonde você vai que eu vou varrendo”. Daí eu parei pra pensar nessa frase, e me veio uma análise tão profunda quanto a de “ser ou não ser, eis a questão”,  questão ontológica mais analisada da literatura universal.

Assim, resolvi compartilhar uma análise inédita da letra completa desta obra clássica dos anos 90 (como já dizia a comunidade do orkut, não vi Beatles mas vi Molejo – reflita).

Vamos por parte. Continuar lendo

Post sério

Chega! Chega de violência. Sério, eu não agüento mais, é simplesmente revoltante!

Hoje pela manhã fiquei sabendo que uma pessoa amiga foi baleada ontem à noite em uma tentativa de sequestro. Ele tava em seu carro, assim que parou o carro na vaga em frente ao comércio, dois caras o abordaram, apontando uma arma. Ele deu ré para tentar fugir e o cara atirou. O tiro acertou o tórax na altura do abdômem.

Há algumas semanas atrás eu postei sobre o senhor que foi espancado. Ontem foi meu amigo. Pela lógica, a próxima pergunta seria “quem será o próximo?”, mas eu faço uma mais urgente: Por que?

O que se passa na cabeça dessas pessoas que acham válido fazer qualquer coisa para obterem o que querem, mesmo que isso custe a vida de alguém? É essa a idéia de liberdade que eles têm? Acredito que se eles gastassem todo esse esforço, usado para calcular uma ação de assalto, em algo produtivo, hoje em dia teríamos tantos grandes empresários……

Eu poderia descascar aqui meus sentimentos revoltosos anti-violência. Mas acho que seria apenas mais um desabafo. A situação pede conscientização. Mudança de postura. Mudança de pensamento. Pensamento grande, forte e constante.

Eu acredito na força do pensamento. Vocês podem dizer que é coisa de sonhador, mas garanto que eu não sou a única. Acredito que várias pessoas pensando coisas positivas conseguem influenciar o ambiente e até influenciar aquelas pessoas que vêem dificuldade em pensar constantemente positivo. Continuar lendo

Mandando mal na frente do chefe

E só de pensar que tudo começou com uma conversa inocente sobre tecnologia, televisão e cinema…

Espia só!

Francisquinha: Não gosto de ver filme em 3D, da ultima vez que eu fui fiquei com a vista toda embaralhada.

Lucineide: Pô, eu fiquei com dor de cabeça!

ArnaldO chefe: Falaram que um pessoal chegou a passar mal depois da sessão de Avatar né… se bem que eu acho que Avatar foi o único filme que compensou ver em 3D, porque nos outros só aparecem uns mosquitinhos fora da tela que, se calhar, são mosquitos de verdade que nem no filme estão…

Lucineide: Exato, sem falar que o ingresso é caro.

 Francisquinha: Falando em 3D, vocês já ouviram falar da nova TV em 3D?? A sony ta lançando…

ArnaldO chefe: Já existe TV em 3D?? Poxa, eu mal comprei a minha TV full HD…

Carmesinda: Ô dó… ele achou que tava top na tecnologia, e já passaram ele…

ArnaldO chefe: Pois é, achei que tava pronto pra ver a copa, comprei a TV mais fresca, cheia de coisa, full HD, nem sei o que vem nesse “full” direito…

Continuar lendo

Domingo no parque.

Domingão, fui ao Park da Cidade. Céu azul, ar fresco, clima agradabilíssimo. Ambiente quase bucólico. Digo… quase por que aparece cada figura. Vou contar aqui algumas estórias vividas ali, todas a plena luz do dia, pra deixar bem claro.

Certa domingo, fui eu e mais duas amigas andar de patins, quando uma delas cai. Nisso vem um cara tirando onda, andando de costas com patins. Pior que o cara patinava muito bem de costas, tanto que quando o vi de longe até pensei se ele saberia andar de frente tão bem também? Enfim, minha amiga ainda estava no chão caída quando ele passou por nós e falou:

– É assim que começa.

Continuar lendo

Cadê os diamantes?

Gente, como o ermo está ermo hein… Mas isso tem uma explicação, afinal de contas estamos estudando feito dois nerds que reamente estudam ao invés de ficarem só na picaretagem. 😛

O Haikai que era pra ter sido postado na segunda-feira 😀

palavras envolvidas por sinceridade

fazem ressurgir

o brilho de diamante dos olhos

Você já se perguntou cadê os seus diamantes?