Vontade de ter Objetivos.

Carlos e Joana eram amigos há muito tempo. Os dois se conheciam muito bem. Carlos era um tanto desleixado, do tipo “Deixo a vida me levar, vida leva eu!” Já Joana era elétrica, sempre pensando no futuro, do tipo “Deixe que eu levo a vida!” Certo dia, os dois foram almoçar juntos, e nessas horas o cérebro não trabalha muito bem, pois ou ele se preocupa em pensar ou em comer.

Certa hora, chegaram num ponto onde conversavam sobre seus defeitos e qualidades. Foi quando Joana disse-lhe:

– Me perdoe Carlos, mas você é uma das pessoas mais acomodadas que conheço. Falta-te um objetivo de vida.

Carlos por hora parou e pensou. “Será? Falta-me um objetivo de vida?”

Aquilo não era apenas uma pergunta retórica de cunho filosófico. Era algo mais profundo, mais do que a simples física pode explicar, advém da metafísica.

Qual seria meu objetivo de vida, pensou ele. Afinal sempre teve várias vontades na vida, mas objetivos? Carlos teve uma ideia, não sei se genial, mas acredito que a ideal. Pegou um papel, caneta e foi para um local onde pudesse ficar sozinho e perguntou a si mesmo: “Quais sonhos tenho para minha vida, meus negócios, para minha família?”

Feito isto, resolveu escrever duas frases para cada um de suas vontades, com suas expectativas e o que significava atingi-las. Caso conseguisse realmente seria um objetivo de vida, caso contrário seria apenas mais um delírio da madrugada.

Resultado: Carlos não conseguiu escrever uma única frase. Pensou: “Realmente, a vontade nasce, objetivo se cria”. Matutou com ele mesmo: “Sou feliz, me divirto mesmo sem objetivos? Talvez meu lance seja ser feliz? Humm….Não sei.  A única coisa que sei é que não tenho pressa para ter um. Humm… Pra falar a verdade, a partir de agora, meu objetivo será não ter objetivos.”

Após sua epifania foi todo contente contar a Joana. Com olhar triste ela ouviu e apenas disse-lhe:

– Perdi a razão, embora ainda eu esteja certa.

—————————–     FIM   ——————————

Mas e você leitor, quais são os seus objetivos e suas vontades?

Anúncios

3 respostas em “Vontade de ter Objetivos.

  1. HAUhauhahahuaha. “Ganhou a guerra sem dar um tiro”, huahahuahuahua. Realmente, na teoria dela de ter que se ter objetivos para viver, ela continua certa, mas levando pro lado que ser feliz, independentemente de se ter um objetivo, é a coisa certa, ele está certo.

    Final das contas: não é 8 nem 80, deve haver um equilíbrio. Ninguém vive só do hj e ninguém vive só do amanhã. deve-se viver o presente com perspectivas pro futuro….

  2. Um dia eu quis carregar o mundo nas costas. Mas percebi que bastam meus 54 quilos.
    Hoje em dia, meu objetivo é abstrato e algo a ser atingido a longo prazo…claro que nada se compara a mudar o mundo, rsrs.

    Eu acho importante ter objetivoS. Mas tem coisas que nós fazemos sem sentido, só por fazer, né?! hihi

    =***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s