Trai são

A traição é um tema difícil, afinal quem nunca se sentiu traído? Seja no amor, na amizade ou no trabalho? Um dos sentimentos mais chatos, pois toda confiança depositada na pessoa te faz sentir um idiota. Mas então o que me faz passear em terreno tão perigo, um verdadeiro campo minado? Pesquisas. Apenas pesquisas.

A universidade de Joana Esburgo, uma das maiores na matéria psicologia da mulher, publicou um trabalho que mostra que a grande diferença entre homem e a mulher é apenas a criação. Diz o trecho do artigo: “Desde Adão e Eva, até meu Pai e tua Mãe, os homens tem uma educação voltada à escolha de sua carreira ou do seu time (no caso o time pode ser substituído por outro esporte). Já a mulher tem a educação voltada para a escolha de seu marido e das roupas e etiquetas a serem usadas.” Sim, sim, eu também achei uma visão machista, mas o que posso falar sobre uma pesquisa deste porte?

A explicação é verossímil. A pesquisadora chefe do projeto, Linda Trayson, observa que o homem geralmente é fiel a sua carreira ou seu time. A escolha de sua equipe é emblemática, pois ao escolhê-lo passa a vida toda com o mesmo time mesmo suportando diversas decepções da vida. Isso já não acontece com sua mulher, afinal essa escolha é tratada de forma superficial em sua criação. Logo não é difícil ver homens com nove casamentos, enquanto permanece um amor eterno pelo seu time do coração.

Já a mulher passa toda sua infância se preparando para a escolha de seu marido, e quando o escolhe luta ferozmente por tal objetivo. A pesquisadora ressalva, “a mulher sente a necessidade da traição assim como o homem, porém trair seu marido significa desistir de seus objetivos. Para chegar a esse ponto a mulher precisa estar motivada. Fazendo uma comparação, seria como o homem trocar de time de futebol após seu time decepcioná-lo repetidas vezes.”

A pesquisa desfaz então alguns mitos, como, por exemplo, dizer que as mulheres só traem quando estão envolvidas emocionalmente com outra pessoa. Esse ato não muda o fato. O resultado é bem claro. Tanto homem como mulher traem são.

Anúncios

12 respostas em “Trai são

  1. Pô, mlq, a foto do elefantinho foi f… HUAhauhahuuaha. a galinha teria morrido depois dessa, huahahuahua.

    Mas é verdade, cara. É um tema bem delicado. A pesquisa é bem idônea, mas cada cultura trás as suas peculiaridades, né? A mulher que não trai, se ocorre de trair, normalmente é por esse motivo ou por vingança, qnd descobre q o cara a traiu. MAs existem mulheres que têm essa índole, são poligâmicas por natureza. Aí é f.., pq ela não costumam ser sinceras.

    Um ponto semelhante ocorre com os homens, mas um pouco diferente: Se o cara não trai e descobre uma traição, ele normalmente termina, ou trai e termina, a não ser q esteja d 4 pela mulher. Aí fica bundão e continua. Qnd o cara é poligâmico, não acha errado o que faz. Pelo contrário, acha q é o único meio de continuar com a pessoa que se relaciona, pois de outra forma, se encheria da relação. Ele sabe que a mulher q ele se relaiona acha errado, mas não ele. por isso oculta o fato, para que o relacionamento não termine.

    Uma vez ouvi uma frase de um amigo que às vezes pode ser verdade: “A mulher trai para terminar o relacionamento. o homem trai para continuar o relacionamento”… TENSO!!! HUAhahuauhaha

    • hauhau, po, engraçado como as pessoas pensam…mas imagino que nesses casos, deve haver um respeito mútuo. Qnd vc ta com uma pessoa, você não pode levar em conta somente o que VOCE acha que é certo, tem que compreender o que o outro também pensa. Se um dos dois não é a favor da poligamia, imagino que se o outro não conseguir respeitar isso, é melhor terminar, afinal pode gerar muito sofrimento.

      Na verdade, essa coisa de poligamia só existe quando não há sentimento verdadeiro envolvido. essa é a verdade! 😉

  2. Caraaaaca…. Nasceu um elefantinho????
    Imagina como deve ter ficado a galinha quando viu aqueeeela tromba????
    AHAUhAUhAUhAUhAUhauahuAH

    • Caraiiii Felps! DF50 no seu nível máximo! UAHUAHuAHuahUAHuaH
      Por isso o senhor galo não entendeu quando viu a Galinha com aquela tromba! hahahah

  3. Concordo com a Lu, se há sentimento verdadeiro não há poligamia.

    Cada um tem um perfil. E de acordo com isso deve-se escolher o parceiro ideal. Hoje em dia não existe mais essa fantasia da mulher esperar o príncipe encantado (que tb não existe). Logo, os valores se perderam e a moda é sexo casual, o que nem é considerado traição entre as pessoas que praticam. Na verdade isso é herança Grega, mas lá era cultural (o que é beeem diferente de hoje em dia, porque a cultura tb se perdeu =/)

    Enfim, traição é pros fracos, que não tem controle sobre si.

    Só uma pergunta, algum homem deseja se casar com uma dondoca??? (eu acho que não…)

    =****

  4. Esse papo de traição é muito polêmico. Acho q no fundo todos traem, mesmo q só em pensamentoo. Antes de me baterem, eu explico: sabe quando vc tem determinado pensamento a respeito de alguém, mas guarda pra vc e não põe pra fora. Se vc resolver falar, só estará verbalizando um pensamento, colocando em prática o que está dentro do seu coração. Ou seja, o problema não é o que vc fala, mas o que vc pensa, pq a boca fala do que o coração está cheio. Assim é a traição, você estará consumando algo que dentro de vc é um desejo. Então, se vc conhece uma pessoa e de repente, lá dentro, vc pensa: Nooossssaaa…. então vc já traiu (no pensamento vc desejou alguém que não é seu). Não fiquem bravos comigo, mas no fundo todos traimos. Foi mal galera. Bjos.

    • Foi mal pelo que? Aqui não tem essa. Se você acha isso as pessoas tem de respeitar.
      Se alguém não concorda que arranje argumentos para isso. Eu mesmo não concordo. Por quê?
      Simples! Se isso que vc fala fosse certo eu não poderia pensar! uAHuahuahuAH

  5. Sou a favor de todos fazerem ” O ARRASTÃO ” pegar tudo e todos, cheirosos, a vida e curta e cruel demais pra ficarmos pensando em sentimentos e dando importancias pra eles, por isso acredito em Lealdade e não na fidelidade, meu macho pode pegar quem ele quiser e na hora que ele quiser, mas no final do dia ele corre e pros peitos, braços e coxas suculentas da mamãe aqui, Fatooo!!!

  6. Pingback: Os números de 2010 « O ermo do lampião

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s