Brasília Cinquentinha!

Planejamento de Lucio Costa - 1957

 

Brasilia - google maps

50 anos de Brasília, a cidade que já nasceu pronta. É como aqueles irmãos caçulas que acabam “crescendo” mais rápido. Uma criança com jeito de adulto ainda é apenas uma criança. Apesar de já ter nascido pronta, Brasília tem muito que amadurecer.

Brasília é o único avião que não acompanha o céu; é o céu que o acompanha. O céu abraça a cidade de tal forma que de qualquer lugar que você esteja, ele se mostra de um jeito espetacular. Não é à toa que dizem por aí que o mar de Brasília é o céu.

É o lugar onde a maioria das pessoas mora em prédios, chamados de blocos, com pilotis. Jovens e crianças encontram seus amigos “embaixo do bloco”. É o lugar onde se compra pão no mercado, e não na padaria. E você não vai a pé, vai de carro. É a cidade do automóvel, onde é normal andar a 80km/h nas suas vias triplas que cortam a cidade. Tem pardal a cada 10 metros e retornos chamados “tesourinhas”. É um dos poucos lugares onde as faixas de pedestres realmente funcionam.

É o lugar onde estudar pra concurso é uma profissão. Paraíso dos concurseiros, cidade do funcionarismo público, da burocracia, do direito. Escolha um prédio aleatóriamente, toque o interfone e pergunte? “Há algum bacharel em direito ai?”. A chance de um sim é enorme. Faça o teste!

Brasília nasceu quase junto com a Ditadura Militar. Cidade política desde pequenina, também presenciou momentos importantes da nossa história: mudanças presidenciais, repressões ditatoriais, impeachment, revoltas, greves, manobras políticas, conquistas, perdas…

A cidade possui como um símbolo peculiar, o H. Acredito que deveria ser um H de honestidade, mas ultimamente tem-se mostrado como H de Hermes – nome do deus grego Mercúrio, que foi acusado de inúmeras ladroagens. É, há sempre o lado negro da coisa, Brasília é a cidade onde a corrupção é personagem constante. Ou pelo menos onde se mostra mais intensa do que no resto do Brasil. Tem muita gente do H que não merece trabalhar no H.

Brasília é a morada da UnB, uma das universidades federais mais ativas politicamente. É onde meio que se criou uma lei invisível que todo mundo deve estudar pro vestibular da UnB. É a cidade dos cursinhos pré-vestibular. Haja cursinho nessa cidade, affe!

É normal ter casa com piscina. E quando não se tem uma, as pessoas vão aos clubes: eles existem aos montes por aqui. Aos domingos, as pessoas vão aos parques ou caminham no Eixão, a rua que é destinada aos pedestres e fechada para o trânsito de carros nesse dia específico. Quem já não fez piquenique no parque da cidade?? Ou brincou no Foguete??

Brasília é a cidade das tribos. Rock, reggae, forró, hip hop, heavy metal, punk, sertanejo, axé, erudito, cada um no seu canto e todos ao mesmo tempo. É a cidade do alternativo, dos estilos. É também a cidade dos grupos, das panelinhas. Porém, se for ver bem, acaba que existe apenas uma panela, pois todo mundo se conhece. Quero dizer, sempre alguém vai conhecer algum conhecido seu. Não é à toa que também dizem que Brasília só tem três pessoas: eu, você e alguém que a gente conhece.

É a cidade da arquitetura moderna, da cultura. É a cidade dos “sem sotaque” que, na verdade, possuem todos os sotaques misturados. Norte, nordeste, sul, sudeste, centro-oeste: é a identidade Brasília formada por um pouco de cada.

Brasília cinquentinha… tá novinha ainda. Há muito o que aprender, o que fazer, o que melhorar.

Que a evolução continue, principalmente no âmbito dos brasilienses, afinal é o povo que faz a cidade. Muita prosperidade, afinal se Brasília prospera isso acaba refletindo no resto do país e o Brasil inteiro pega carona.

Por isso desejo muita sinceridade política, que as pessoas escolhidas como líderes sejam pessoas com integridade e sinceridade. Que não haja mais escândalos políticos, não por manterem a coisa na surdina, mas sim por não haver corrupção dos líderes. E que os escândalos sirvam de exemplo “pra limpar essa corja de assassinos, estupradores e ladrões”.

Muita felicidade: que as pessoas convivam mais, se abracem mais, se beijem mais, se cuidem mais, se amem mais!

\o/

Anúncios

3 respostas em “Brasília Cinquentinha!

  1. Uau, sensacional, melhor descrição de Brasília impossível! já publicou esse texto como os melhores de Brasília?
    Parabéns, grande talento! Já sou seu Fã!
    grande bjo!

  2. “(…)
    Céu de Brasília, traço do arquiteto
    Gosto tanto dela assim
    Gosto de filha, música de preto
    Gosto tanto dela assim (…)”

    Parabéns Brasília!

  3. “Eu venho vindo de longe, decisão antiga.
    Trazendo nas mãos de espinho a ferramenta amiga
    Que pesam nos ombros largos cidade fadiga
    Pesam nos ombros amargos, cidade fadiga
    De uma asa a outra asa
    De uma asa a outra de chegada e partida
    Sou tudo que sou cantando quando Brasília ser ia”

    Muito bom seu texto Lu! Quando eu crescer quero ser igual você! hauahua

    =****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s